Documentos Importantes

Quando o paciente tiver negado o direito ao tratamento da radioterapia IMRT e for consultar o especialista jurídico de sua confiança, é sempre aconselhável que já tenha em mão os seguintes documentos:

  1. Prontuário médico informando a doença com a indicação do “CID” e o tratamento médico indicado, sempre de modo legível;
    Obs: quando o tratamento requerer início imediato é importante que o paciente solicite ao seu médico que faça alguma menção a tal fato em destaque. 
  1. Histórico dos últimos exames clínicos realizados;
  2. Contrato realizado com o plano de saúde, carteirinha de associado e última mensalidade paga;
  3. Comprovante do pedido de autorização para realização do tratamento médico enviado para o plano de saúde; (e-mail ou número de protocolo da ligação são úteis)
  4. Comprovante da negativa da autorização, lembrando-se que em decorrência da resolução normativa 319/13 da ANS, as operadoras possuem o prazo de até 48horas para justificarem por escrito as negativas de cobertura aos beneficiários que assim solicitarem.
  5. Orçamento prévio do Hospital que realizará o tratamento, contento o valor do custo da Radioterapia IMRT e dos, eventuais, honorários médicos apresentados separadamente e previsão de início do tratamento;
  6. Documentos pessoais do paciente.

Em alguns casos o profissional de confiança que for analisar especificamente o caso em concreto poderá requisitar outros documentos ou excluir os acima mencionados, sendo que a presente lista é apenas uma sugestão sem qualquer elo obrigacional.

Anúncios
  1. Estamos passando pela mesma situação, tivemos a liminar favorável, porém o convênio indicou um a clinica a qual uma médica radioterapeuta nos informou que a clinica indicada não faz um bom tratamento, principalmente porque o câncer esta localizado na face.
    Gostaria de sabe se nesse caso podemos recorrer, para que o tratamento seja realizado em um Hospital.

    • Olá.
      Em casos como o narrado, especialmente quando há ação judicial, é necessário que o caso seja discutido com o profissional que está patrocinando a causa, pois está ciente de todas peculiaridade e saberá ofertar o melhor andamento.
      Contudo, não raramente, ouço casos em que há discussão se o local está capacitado ou não, quanto a isso, particularmente, acho que não devemos acatar como real uma única opinião, é preciso confiar, até mesmo pelo fato de que os profissionais que realizarão os atos são responsáveis.
      Desejo sucesso no tratamento.

Dúvidas e Sugestões

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: