Vistoria

A importância da vistoria técnica capacitada no imóvel adquirido na planta.

Com certeza um dos mais sonhados momentos da vida dos brasileiros é o dia em que consegue mudar para sua casa própria, e a vistoria de entrega das chaves é um marco na realização desse sonho. Mas, esse momento tão importante, deveria merecer maior atenção, tamanha a conseqüência dos efeitos da assinatura do termo de vistoria.

Isso porque, ao realizar a vistoria do imóvel, o adquirente, seja pelo momento de euforia ou pela ausência de conhecimentos técnicos, deixa de analisar, com a perspicácia necessária, e realizar alguns testes, muitas vezes simples, que vão desde a verificação da rede hidráulica e elétrica até a análise do piso, por exemplo, se a água escorre para o ralo, entre outros.

Dessa forma, é sempre aconselhável que nesse momento tão importante, o adquirente esteja acompanhado de profissional com capacidade técnica.

Esse procedimento simples é fundamental e evita transtornos. E sempre que qualquer irregularidade for encontrada, em desacordo com o material descritivo ou com as características de funcionalidade esperada do imóvel, o adquirente não deve assinar nenhum termo de recebimento das chaves, mas sim registrar formalmente quais os reparos necessários.

Adotando esse procedimento o adquirente ficará isento do pagamento de condomínio, IPTU e outros gastos inerentes ao imóvel, pois durante o período de reparo todos os ônus continuam sendo de responsabilidade do construtor e/ou vendedor.

E mais, caso o prazo para regularização da entrega da unidade supere o prazo contratual previsto para entrega da unidade, o prazo excedente pode ser alvo de pleito indenizatório.

Não obstante tudo isso, sem o recebimento das chaves o adquirente não terá o dissabor de mudar para o imóvel tão sonhado e conviver com reformas para regularização de pendências.

É importante, também, ressaltar que a recusa no recebimento das chaves, em decorrência de problemas estruturais, de acabamento e outros, desde que, devidamente comprovado e comunicado formalmente, é plenamente possível, cabível e necessário para o adquirente, que não deve ficar amedrontado diante de qualquer intimidação.

Portanto, é absolutamente necessário e prudente total atenção nesse momento, certamente é uma atitude simples que evita aborrecimento futuros.

Realizada a vistoria e constatado que o problema é na área comum, seja por algum defeito ou pela não entrega em conformidade com o contratado, o adquirente deverá registrar ocorrência junto ao Síndico ou  representante dos moradores para que adote as medidas cabíveis.

Autorizada divulgação, desde que citada a fonte.

Anúncios

Dúvidas e Sugestões

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: