STJ – Atraso na Entrega do Imóvel Gera Danos Morais?

Rotineiramente matérias jornalísticas noticiam problemas que os consumidores enfrentam em decorrência do atraso na entrega do imóvel e o consequente pedido judicial de indenização por danos morais.

Outrossim, inegável que ao longo dos anos, existiram consumidores que tiveram o pedido de indenização por danos morais reconhecidos pelo judiciário. Contudo, como contido em artigo publicado pelo advogado Alexandre Berthe Pinto em 09/09/2013 (veja aqui), já naquela ocasião, o advogado explanou sobre a necessidade de que o dano moral pleiteado estive lastreado em fatos concretos, e informou sobre o fortalecimento da tese de “mero dissabor do cotidiano” que começava a ser aplicada com maior intensidade, por consequência, o direito aos danos morais seria exterminado ou amenizado nos processos em que não existisse prova real de sua ocorrência.

Na ocasião, vários foram os que discordam do artigo, sob a principal argumentação de que nas relações de consumo ocorre a inversão do ônus da prova e o dano moral seria presumido.

Porém, ainda que tais assertivas fossem, e continuem sendo reais, quando da propositura da ação, é preciso ir além do comumente pedido, inclusive, muitas vezes, ainda que sob o manto do Código de Defesa do Consumidor, é necessário fazer prova do que está se alegando, aumentando assim as chances de êxito na demanda.

E, pela recente decisão proferida pelo STJ (veja o final), é possível extrair que cada vez mais o direito ao recebimento de indenizações por danos morais decorrentes das relações de consumo, salvo casos específicos, deixarão de ser presumidos em sua essência e deverão ser efetivamente comprovados, sob pena de improcedência.

Fonte STJ

[gview file=”http://alexandreberthe.com.br/wp-content/uploads/2017/04/29.03.17-STJ-Dano-Moral-Atraso-obra-prova.pdf” height=”500px” width=”500px”]

Gostou? Envie sua sugestão e compartilhe!

Anúncios

Sobre Alexandre Berthe Pinto

Alexandre Berthe Pinto – É advogado, Membro da Comissão de Direito Condominial da OAB/SP 2017/2018, atua nas áreas de Direito Bancário, Consumidor, Condominial, Saúde, Imobiliário, Responsabilidade Civil e Indenizatória, Família e Sucessões e Contencioso Civil. Inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil Secção de São Paulo, membro da Associação dos Advogados de São Paulo, cursou Pós Graduação em Direito das Famílias e das Sucessões (EPD) e Pós Graduando em Direito Aplicado aos Serviços de Saúde. Responsável pelo conteúdo dos blogs: www.radioterapiaimrt.com, www.problemasnocondominio.com, www.dividadecondominio.com.br www.fraudebancaria.com,e outros.* Contato: Comercial: +55 11 5093-2572 - E-mail: alexandre@alexandreberthe.com.br Skype: alexandre.berthe - WhatsApp: +55 11 94335-8334 Imprensa: +55 11 98238-8231

Publicado em 6 de abril de 2017, em Atualidades Jurídicas, Consumidor, Imobiliário, Indenizatória e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Dúvidas e Sugestões

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: